Com muito prazer, por favor

Tempo de leitura: 1 minuto

Para nós mulheres nem sempre transar é sinônimo de ter prazer. Isso acontece por vários fatores, mas o principal é que precisa de mais dedicação na hora de proporcionar orgasmo para a mulher. E é um fator biológico também.

Uma informação bem simples para começar: as mulheres sentem prazer pelo clitóris, esse órgão fofinho na imagem abaixo. Ele tem cerca de 8 cm, onde a maior parte fica dentro da vagina e somente uma “bolinha” fica visível. Além disso, ele possui mais de 8 mil terminações nervosas, enquanto o pênis possui de 4 a 6 mil.

Resultado de imagem para clitóris

Para muitas de nós, a penetração não dá prazer e somente chegamos ao orgasmo através do estímulo direto deste órgão, seja com sexo oral ou masturbação.

Acontece que muitas não sabem disso e acabam achando que há algo de errado com elas, chegam a fingir orgasmo por vergonha de não sentir prazer pelo canal vaginal. Amiga, prestenção aqui: ninguém sente prazer pelo canal vaginal, fica tranquila.

O que pode acontecer é o estímulo do ponto G que está diretamente ligado ao clitóris. E existem algumas posições que favorecem o prazer, como por exemplo a mulher por cima. O contato do clitóris com a pélvis do homem durante a penetração causa um atrito prazeroso e ela mesma pode controlar a situação para que seja bom para as duas partes.

Outra dica muito bacana é incluir brinquedos eróticos na hora da relação sexual. O anel peniano, por exemplo, é um ótimo aliado. Com ele, é possível que os dois cheguem juntos ao orgasmo, já que o anel ajuda muito na estimulação do clitóris na hora da penetração.

O segredo é não ter vergonha disso, falar para seu parceiro, não fingir e os dois encontrarem juntos uma solução que seja prazerosa para ambos. Sexo com prazer é maravilhoso, já o sexo sem prazer pode se tornar frustrante com o passar do tempo. Por isso, faça a coisa certa.